O que fazer no Vale do Capão: 8 dicas para uma viagem inesquecível

30/10
Se está procurando um lugar em que poderá ter um contato único com a natureza, relaxar, se aventurar e até mesmo se autoconhecer, certamente o Vale do Capão precisa ser a sua opção. 

Envolvido por uma energia mística e cercado por belezas naturais deslumbrantes, a verdade é que há muito o que fazer no Capão, e o melhor é que você consiga aproveitar toda a gama de coisas que a natureza do local tão delicadamente oferece.  

Quer descobrir algumas das coisas para fazer no Vale do Capão e aproveitar bem a sua viagem até esse lugar de beleza sagrada? Continue nos acompanhando neste artigo e descubra!

1. Recarregue as energias em um banho na cachoeira do Rio Preto

Já imaginou tomar um bom banho de cachoeira com vista para um cânion, verdadeira obra de arte da natureza? Recarregar as energias nas águas refrescantes, com toda paz e silêncio do Capão, com certeza precisa estar no seu roteiro de viagem. 

Para chegar na Cachoeira do Rio Preto é necessário uma caminhada que pode durar de 1 até 2 horas. Porém, o cansaço da caminhada será recompensado com as águas frescas do Rio Preto. O lugar é ótimo para nadar, não importa a época do ano. 

Uma queda d'água de 4 metros, presente no local, também pode ajudar você a relaxar. Além disso, para aproveitar ainda mais o dia, você também pode seguir para a Cachoeira das Rodas, que é próxima a do Rio Preto. 

2. Aproveite a natureza para meditar

E já que estamos falando das belezas naturais da região, não podemos deixar de dar o melhor conselho para sua viagem ser incrível: aproveite o visual incrível que o Vale do Capão dá a você para meditar. 

Caminhar também pode ser um ótimo exercício para quem quer parar de pensar no mundo e pensar mais em si, em sua própria existência dentro desse grande universo. Troque energias com a natureza e aproveite cada momento que o Capão tem a dar. 

Outra dica é você aproveitar algumas trilhas mais fáceis sozinho. No interior da Pousada Villa Lagoa das Cores, por exemplo, você tem acesso a uma trilha exclusiva, com acesso a oráculos e espaços para meditação e contemplação da natureza.

3. Visite a cachoeira da fumaça

Ir até o Vale do Capão e não aproveitar para conhecer a Cachoeira da Fumaça pode causar muito arrependimento, principalmente se você gosta de um pouco de aventura. A cachoeira e seus imensos 360 metros de altura surpreendem não só pelo tamanho, mas também pela beleza. 

A trilha é considerada um pouco mais difícil, ainda mais para quem não tem muita prática no assunto. São mais de 6km de trilha, sendo que 2 deles são exclusivamente de subida — o que torna o trajeto um pouco mais cansativo. 

Apesar disso, vale dizer que essa pode ser uma oportunidade única de aproveitar uma boa caminhada, entrando em sintonia com a natureza. 

Quer saber uma curiosidade? A Cachoeira ganhou o nome que tem por causa do efeito que a água sofre durante a queda. 

O vento forte do cânion empurra a água de volta para cima, e por isso ela não chega até o chão, mas forma uma cortina de fumaça que acaba por dar nome à Cachoeira.  Mais uma prova de como a natureza é linda, não é mesmo? 

4. Relaxe com a trilha da Cachoeira do Riachinho

Uma trilha fácil de fazer, e propícia para uma caminhada tranquila e relaxante, é a da Cachoeira do Riachinho. O local possui uma cachoeira de 12 metros de altura e águas propícias para o banho, com os devidos cuidados. 

Além disso, é importante saber que o local integra a unidade de conservação Parque Natural Municipal do Riachinho. A trilha é calçada, o que facilita ainda mais o acesso. 

5. Dê um passeio na Feira do Vale do Capão

Já falamos aqui no blog sobre como a Feira do Vale do Capão pode ser uma experiência única, com acesso a culturas de todo o mundo. Por isso mesmo, não podemos deixar de fora dessa lista uma visita a essa feira! 

Ela acontece todos os domingos, e se você está procurando conhecer mais as pessoas que moram no Capão, essa é uma boa oportunidade. 

6. Aprecie o silêncio e contemple a vida

Se você não consegue parar para contemplar todo o turbilhão de vida que existe ao seu redor estando em um paraíso cheio de energia, como o Capão, é improvável que você consiga fazer isso em outro lugar. 

Por isso, uma das coisas que você precisa fazer no Vale do Capão é parar, apreciar a distância do mundo moderno e contemplar aquilo que a natureza faz de melhor há milhões de anos. 

Contemplar a existência também é um passo fundamental para expandir seu conhecimento não só do mundo, mas também de si próprio enquanto indivíduo inserido neste contexto. 

7. Faça caminhadas e se inspire

De uma coisa não temos dúvidas: o que não falta são trilhas e passeios para fazer no Capão. E você pode aproveitar essa diversidade de opções e contato com a natureza para fazer caminhadas revigorantes. 

Tal como meditar, caminhar, principalmente sozinho ou mesmo a dois, pode ser uma experiência de aprendizado e autoconhecimento, quase como uma meditação. Aproveite para fazer caminhadas tranquilas e silenciosas. 

8. Usufrua de toda a energia do Capão para seu crescimento

Para além de todos os passeios, atividades e experiências diferentes que você pode ter na região, não podemos esquecer de indicar que você aproveite toda a energia do Vale do Capão para crescer e se desenvolver em todos os quesitos. 

Pousadas, como o Villa Lagoa das Cores no Capão, desenvolvem atividades e servem como retiro de autoconhecimento, ajudando você a relaxar, recarregar as energias e, claro, aprender mais sobre si mesmo. 

Quer encontrar mais dicas sobre o que fazer no Vale do Capão, e aproveitar tudo o que a região tem a oferecer? Acompanhe nosso blog e tenha acesso a dicas e informações que transformarão a sua viagem em uma experiência inesquecível!